domingo, 15 de Maio de 2011

O progresso dos transportes

Os transportes foram essenciais para a industrialização dos países europeus no século XIX. Para que o crescimento económico não estagnasse era preciso movimentar de uma forma rápida e barata os produtos acabados e matérias-pimas que vinham de diversos locais. Assim os meios de transporte evoluiram bastante durante a Segunda Revolução Industrial, adoptando uma das principais inovações da indústria, a máquina a vapor. O comboio foi um dos transportes que mais se desenvolveu, primeiro com o aparecimento da pequena locomotiva, invenção de George Stephenson em 1830, chegando aos comboios a vapor na segunda metade do século XIX disponibilizando mais capacidade de carga, um maior conforto às pessoas e mais rápido. Para a construção de vias-férras foram contruidas numerosas obras de engenharia como o túnel de S. Gotardo que atravessava os Alpes, uma contrução que durou 10 anos entre 1870 e 1880.


Locomotiva a vapor, invenção de George Stephenson (1830)
   
Comboio a vapor-século XIX

Os navios a vapor subtituiram os antigos veleiros,proporcionando uma maior capacidade de carga, fazendo viagens mais longas. Além dos navios especializados no transporte de mercadorias surgiram também luxuosos barcos de passageiros (paquetes) e os petroleiros.


Navio a vapor, Mayflower, rio Mississippi, séculoXIX
 Foram feitas grandeosas obras de engenharia para que a navegação tivesse uma melhor circulação como a abertura do Manchester Ship Canal (1890), do Canal do Suez (1869) e do Canal do Panamá (1914), para uma melhor comunicação entre os oceanos Índico, Pacífico, Atlântico e o Mar Mediterrâneo.



Inauguração do Canal do Suez (1869)


O êxito da máquina a vapor iria também ser aplicado ao transporte por estrada, mas com a invenção do motor de explosão, veio a ser mais adequado ao tipo de veículos que iriam ser usados na década de 1880. Na construção automóvel destacam-se as marcas Benz na Alemanha, a Fiat na Itália,  a Renault na França e a Ford nos EUA. A marca Ford, de quem era presidente Henry Ford é uma das marcas que tem mais êxito, pelo seu preço e o ritmo de produção em série, chegando a alcançar mais de 10 milhões de viaturas em 1924 do modelo T.


Primeiro carro fabricado pela marca Benz (1886)
 

Ford T

A bicicleta foi outro meio de transporte que captou as atenções de muitos naquela época. Pois era um transporte ágil com lugar para uma só pessoa. Com o aumento da compra em grande número dos automóveis, as grandes cidades como Londres ou Nova Iorque começaram a ficar sobre-lotadas de carros e a bicicleta ou o carro eléctrico como transporte público foram formas de parar este aumento.



Bicicleta-século XIX

A Revolução dos Transportes permitiu assim as grandes cidades terem um maior desenvolvimento a nível económico e diminuir as distâncias tempo e custo para a população.


Sem comentários:

Enviar um comentário